Ocean Blue
  

Guia Treinamento HUET
Edição 2019

O RBNA propõe com este Guia procedimentos de segurança para a realização de teste de escape de helicópteros em águas tropicais com o objetivo de minimizar os riscos inerentes à parte prática desse tipo de curso

 

 

Guia para Instalações Frigoríficas
Edição 2019

Este guia fornece diretrizes para instalações frigoríficas domésticas e de carga a bordo de navios

 

 

Guia para Reboque
Edição 2018

Contém uma coletânea de informações, regulamentos e procedimentos de cálculo para o reboque seguro de embarcações, tanto reboques classe I e classe II como para reboques classe III. Descreve as configurações mais usadas nos dispositivos de reboque e traz procedimentos para classificação de cabos e acessório.

 

 

Guia para Vistorias Subaquáticas com ROV
Edição 2018

Este guia tem por objetivo fornecer requisitos para vistorias subaquáticas realizadas por meio de veículos operados remotamente(ROV), transmitindo imagens ao vivo. Permitem a inspeção em áreas específicas tais como estruturas, casco de navios e equipamentos submarinos. estas tarefas incluem frequentemente um exame visual detalhado e outras informações e/ou testes não destrutivos, que podem exigir que o ROV seja equipado com sensores adicionais.

 

 

Guia para Unidade Integrada Rebocador_Barcaça
Edição 2018

Este guia aplica-se a combinações rebocador_barcaça onde o rebocador é acoplado a um barcaça através de sistema especialmente projetado ligando um recesso na popa da barcaça ao rebocador por meios mecânicos ou de outra natureza que não seja união por meio de cabos de aço ou correntes.

 

 

Guia para Utilização de veículos áereos de Controle Remoto (RPAS)
Edição 2018

Uma das principais vantagens do uso de drones está nas inspeções de tanques de petroleiros, espaços confinados, parte alta das cavernasde graneleiros e locais de difícil acesso, que podem ser realizadas de forma completa, rápida e segura. O guia apresenta informações referentes a escolha do equipamento conforme local a ser inspecionado, categoria de vôo, documentação necessária, qualificaçao dos operadores e reuisitos das autoridades aeronáuticas.

 

 

Guia para Vistorias de Habitabilidade e Acessibilidade de Passageiros
Edição 2014

O objetivo da presente publicação é de informar sobre métodos e padrões estabelecendo critérios e parâmetros técnicos a serem observados na avaliação da conformidade para habitabilidade e adaptação de acessibilidade de passageiros no sistema de transporte aquaviário de embarcações utilizadas no transporte coletivo de passageiros, visando propiciar, com segurança e autonomia, o transporte de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

 

 

Guide for the Use of Gas Fuelled and Dual Fuelled Ships
Edição 2014

O objetivo deste Guia é fornecer critérios para o arranjo e instalação de maquinaria de propulsão e auxiliares que utilizem gás natural como combustível, de forma a garantir um nível segurança e confiança equivalente ao convencional utilizando óleo diesel como combustível.

 

 

Guia para Entrada em Espaços Confinados
Edição 2012

Desenvolvida pelo RBNA para uso por vistoriadores, tripulantes, ou quaisquer trabalhadores que necessitem acessar equipamentos confinados em navios. Em conformidade com as Normas da ABNT e IACS. Enfoque nos procedimentos que garantem uma entrada segura em tanques de lastro, de combustível, espaços vazios, etc. em navios.

 

 

Guia para Classificação de Insumos
Edição 2010

Desenvolvida pelo RBNA para uso por Estaleiros, Armadores, Projetistas e Vistoriadores, consistem em resumo dos procedimentos para classificação de materiais e equipamentos para navios classificados, visando auxiliar principalmente os Estaleiros e fabricantes de equipamentos.

 

 

Guia para Vistoria de Aparelhos de Carga
Edição 2008

Contém os regulamentos para a classificação de aparelhos de carga utililizando guinchos e paus de carga no convés de navios, cábreas flutuantes.

 

 

Guia para Reconstrução da Maquinaria de Navios Existentes
Edição 2006

Contém os principais requisitos de vistorias de maquinaria para a classificação de navios existentes que serão submetidos a processo de alterações significativas (“rebuilding”). Auxiliar para os Armadores na avaliação do que será necessário para classificar a maquinaria de navios em que se pretenda o “rebuilding”.